Páginas

quarta-feira, 29 de julho de 2009

imagem

Adormeço num sonho

Onde imagens distorcidas

Juram poemas de amor.

Um novo dia sorri

Em promessas vãs.

A vontade morre

Na distância de um olhar

As mãos escondem

Um beijo ousado.

Um comentário:

Ana disse...

Os sonhos por vezes mostram-nos realidades, mas a maior parte imagens destorcidas, e promessas que se evaporam e que nos deixam confusas. Acho que todos temos estes sonhos como esta “Imagem” que te inspirou para este belo poema.
Jinhosssssss