Páginas

quarta-feira, 29 de julho de 2009

O amanhã podia ser hoje!

O amanhã até que podia ser hoje!

Hoje é o tempo ideal, o champanhe está fresco, o olhar macio e eu estendi a roupa no estendal.

Mas esperemos pelo amanhã, já que não pode ser hoje.

A cada dia que passa, acrescenta -se uma vontade imensa do amanhã que nunca chega. O amanhã é um tempo eterno para os amantes.

O futuro podia estar presente, hoje!

Um comentário:

Ana disse...

Também concordo contigo o amanhã podia ser hoje em determinadas ocasiões, quando há ansiedade por esse amanhã.
Ouvimos dizer: Vive o dia de hoje! Não penses no amanhã. Não lembres o que foi de ontem. Será mesmo assim? Penso que ninguém o faz.
Então para os amantes o amanhã é um tempo eterno que não chega.
Gostei desta tua bela reflexão muito oportuna.
Jinhos gandes