Páginas

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Os dias são feitos de esperas....

Também os dias são feitos de esperas, de vidas destroçadas pelo tempo, que teima em passar descompassado.
Lá fora, numa esquina, um mirone espera a melhor hora para atacar, uma nesga de vontades desfeitas pelo desemprego tirou-lhe o pão, a cama e a roupa lavada.
Risos acerbados de pares de namorados felizes fitam estrelas e juram amor eterno, acompanhados por vagas melancólicas de luar.
O sangue corre nas veias, espera-se que uma artéria entupida pelo fumo,encontre o caminho da verdade, até que a estupidez acabe.
Nunca se sabe o que pode acontecer, o destino é traiçoeiro e o amante é um perigo constante na vida certinha da rainha.


Agora, é vê-los passar de mão na mão, que raiva!!!




Carolina

3 comentários:

Ana disse...

Um texto realista, que relata o mundo autêntico em que vivemos e que nos faz “meditar” com um certo desânimo.
Vamos esperar por dias melhores!
Com o desejo de uma óptima semana, envio-te um beijinho doce "com sabor a ovos moles":-)
Ana Paula

JC disse...

Este texto transporta-nos para momentos difíceis que se estão a viver em Portugal e no mundo.
Algumas vezes tenta-se ou procura-se esconder essa realidade.
Quantas fanílias da classe média e média alta atravessam dificuldades?
São estas famílias que fazem mover toda a ecónomia de um país e não como alguns pensam que é a classe rica.
Tenho esperança em melhores dias.
Foi a primeira vez que vim ao teu blog e gostei.
Voltarei.
Beijinhos

Rosa Maria Anselmo disse...

Mas há esperas que desesperam não é assim?...
Contudo, não vamos ser pessimistas , dias melhores virão, e então só teremos de esperar mesmo é pelos momentos felizes que se vão seguir,
jinhos Carolina
Rosa